CRASH-TEST | Latin NCAP avalia Nissan March - e o resultado não é bom - Clube das Oficinas

CRASH-TEST | Latin NCAP avalia Nissan March – e o resultado não é bom

 

O Latin NCAP acaba de divulgar os resultados de seus testes de segurança com mais dois modelos de veículos: o Nissan March e o Mazda 2.

Fabricado no México e no Brasil, o Nissan March obteve uma estrela para a proteção do ocupante adulto e duas estrelas para o ocupante infantil. O Nissan March já havia sido avaliado em 2015 e auditado em 2016. Em 2018, como realizado em outros modelos, o Latin NCAP estendeu a avaliação do carro para analisar como ele desempenhava sob o novo protocolo, incluído o impacto lateral. A compressão frontal do peito foi alta e a estrutura se mostrou instável, contribuindo para o resultado de apenas uma estrela a respeito da proteção do ocupante adulto. O peito no impacto lateral recebeu proteção marginal. A falta de Lembrete de Cinto de Segurança (SBR) como equipamento padrão, elemento-chave para os passageiros serem cientes do uso do cinto de segurança, também contribuiu para a baixa pontuação. O March não oferece ancoragens ISOFIX como equipamento padrão; portanto, os Sistemas de Retenção Infantil (SRI) foram instalados utilizando os cintos de segurança, que mostraram, junto com os SRIs selecionados, proteção limitada, fato que explica as duas estrelas para a proteção do ocupante infantil.

Já o Mazda 2, fabricado no México, ganhou duas estrelas para a proteção do ocupante adulto e três estrelas para o ocupante infantil. O Mazda 2 proporcionou boa proteção no impacto frontal e no impacto lateral para os adultos no teste de batida. O modelo oferece Lembrete de Cinto de Segurança (SBR) em ambos os assentos da frente; contudo, houve perda de pontos porque ele não cumpre com os requerimentos do Latin NCAP. Sem cinto de segurança, a proteção do veículo em um teste de batida é pior que a avaliada. Assim, o SBR tem uma alta relevância no protocolo do Latin NCAP. O Mazda 2 poderia aumentar a qualificação de estrelas se melhorasse o SBR e adicionasse o Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC), cumprindo com os requerimentos do Latin NCAP. A proteção para os ocupantes infantis foi boa, obtendo três estrelas no impacto frontal e no impacto lateral utilizando SRI com ISOFIX – o modelo conta com essas ancoragens como equipamento padrão. Além disso, o carro tem cinto de três pontos padrão em todos os bancos.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.